goiano Adélcio Cândido, de 41 anos, foi encontrado morto nesta terça-feira (24), em Luanda (Angola). Conhecido como Yaru, o ator e professor de artes cênicas teria ido a uma festa no último domingo (22) e só foi encontrado dias depois. A suspeita é a de que ele teria sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) e morto por asfixia, segundo a TV Anhanguera, citada pelo G1. Os detalhes do assassinato ainda não foram divulgados pelas autoridades locais.

“Todos descobrimos quando a amiga dele que morava com ele nos ligou para dar a notícias. Sabemos também que acharam o carro com alguns pertences, como celular, que já estão com a polícia, junto com suspeitos”, afirmou a atriz, professora e colega de faculdade, Kelly Morais, de 37 anos. A família agora luta para transladar o corpo para o Brasil.

O Itamaraty disse por meio de nota que “a Embaixada do Brasil em Angola acompanha o caso”, que está prestando assistência aos parentes e que “a Embaixada mantém contato com as autoridades policiais angolanas, que investigam as circunstâncias do ocorrido”.

1 Visitas hoje!
15 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui