A bisavó da índia recém-nascida – que foi resgatada depois de ser enterrada viva pela família dela, nessa terça-feira (5), em Canarana, a 838 km de Cuiabá – teve a prisão convertida em preventiva depois de passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (6).

A menina sobreviveu e foi resgatada por policiais, que registraram o resgate em vídeo (veja logo abaixo).

Kutsamin Kamayura, de 57 anos, foi ouvida e alegou que a criança não chorou e, por isso, acreditou que estivesse morta. Seguindo o costume da comunidade indígena, ela enterrou o corpo no quintal, sem comunicar os órgãos oficiais.

1 Visitas hoje!
46 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui