Um homem é suspeito de estuprar as duas filhas, de 18 e 21 anos, durante dez anos, em Goiânia. De acordo com as vítimas, os abusos aconteciam principalmente quando elas saiam para vender balas, mas não conseguiam voltar com dinheiro. Uma delas diz que tem dois filhos com o próprio pai.

“Falava para a gente ficar com ele. Mas assim, na realidade, eu não entendia porque aquilo estava acontecendo comigo”, disse uma das vítimas.

As duas moravam sozinhas com o pai, depois de terem sido abandonadas pela mãe. Elas decidiram denunciar o homem após fugirem de casa.

A irmã mais velha diz que tem dois filhos com o próprio pai. As crianças têm 2 anos e 1 ano. “O meu pai que é pai deles mesmo. Ele sabe”, contou. A mais nova chegou a engravidar também o pai, mas perdeu o filho no nascimento por malformação.

O homem trabalhava como serralheiro, mas decidiu parar com o serviço e obrigar as filhas a vender balas nos semáforos. Quando elas não conseguiam levar dinheiro para casa, eram estupradas.

“Ele sempre ameaçava a gente. ‘Vou matar vocês se vocês falarem alguma coisa’, entendeu? E assim, por mais que ele não venha a fazer isso, psicologicamente é traumático”, contou.

O último estupro aconteceu há dois meses. As duas contam que, depois de apanharem muito, decidiram fugir de casa e ficaram todo esse tempo escondida. Agora, tiveram coragem para denunciar o crime. A Polícia Civil já está investigando o caso e tenta localizar o suspeito.

“As investigações já começaram desde o primeiro momento, com solicitação de medidas protetivas de urgência, encaminhamento para exames médicos periciais, porque é importante verificar a paternidade das crianças. São realmente graves as acusações”, disse a delegada Ana Elisa Gomes.

Com os exames, a polícia pode pedir a prisão preventiva do suspeito por estupro de vulnerável. Enquanto isso, a Justiça expediu uma medida protetiva, determinando que o homem não se aproxime das autoras ou de seus filhos.

Porém, as irmãs ainda temem pela segurança. “Eu tenho medo do meu pai me encontrar e fazer alguma coisa comigo. Ele falou que queria tomar minhas crianças. Quero que ele seja preso e pague pelo que ele fez”, disse a mais velha.

1 Visitas hoje!
95 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui