Paolla Oliveira disse durante a entrevista de para o lançamento da reprise de “Belíssima”, nesta quarta (16), nos estúdios Globo, que não desculpou o cinegrafista que vazou suas fotos onde aparece nua nos bastidores da minissérie “Assédio”, em São Paulo.

“Não houve perdão. As pessoas falam o que elas querem. O processo continua correndo na Justiça. O que houve foi a possibilidade de haver dois processos”, explicou a atriz.

Paolla denunciou o caso em seu perfil em uma rede social em março. Ela registrou o caso na polícia e agora está na Justiça.

“São dois processos. A casa [Globo] corre com um em conjunto comigo, que continua, e o segundo usando profissionais especializados para falar sobre assuntos femininos. O processo segue e esses profissionais continuam tocando tantos outros assuntos que tantas outras mulheres precisam. Seriam dois processos que falariam da mesma coisa. A casa e eu continuamos com um em conjunto”, completou.

1 Visitas hoje!
33 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui