Taynara Soares da Mata, de 25 anos, ainda está internada no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Ela soube no instante que era socorrida que o namorado, Marcos Vinícius da Silva, 20, não havia resistido à batida entre as duas motos. O acidente aconteceu no sábado (9/6), mas até agora a jovem não consegue falar sobre o assunto, nem com a equipe de psicologia do hospital. A Polícia Civil ainda não tem pistas sobre a identidade do motociclista que fugiu depois do acidente.

“A família toda está arrasada, mas Taynara está em frangalhos. Nós precisamos que esse covarde seja preso o quanto antes, para que possa ser punido com todo o rigor que a lei prevê. Nem pistas da moto ainda temos, mas a Polícia Civil está muito empenhada, e toda a equipe busca as pistas”, diz a mãe de Taynara, Neiva Soares da Mata.

Imagens de monitoramento do comércio em volta foram colhidas pela Polícia Civil, e mostram a movimentação no momento em que o acidente acontece. Mas não é possível identificar as pessoas que aparecem gravadas pelos sistemas de monitoramento. Outras imagens podem ser mais reveladoras, e a polícia faz esses levantamentos, segundo as informações da Delegacia de Investigações em Crimes de Trânsito (Dict).

RELEMBRE
O acidente aconteceu no Jardim Europa, em Goiânia. Marcos Vinícius da Silva tinha 20 anos e morreu no local da batida entre duas motos. Na garupa estava Taynara Soares da Mata, 25, ela socorrida para o Hugo.

Marcos pilotava uma Honda CB-300R pela Avenida T-9 e no cruzamento com a Avenida Noruega, em frente ao Terminal Bandeiras, bateu com uma outra motocicleta. De acordo com informações da Dict, o condutor que bateu na moto do casal fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. Algumas testemunhas contaram aos policiais que o veículo aparentava ser uma Honda Broos, de cor branca.

1 Visitas hoje!
8 Total de visitas!
COMPARTILHAR

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui