Um caso peculiar: o FBI, dos EUA, está processando um rapaz de 25 anos por roubo e crime cibernético. Martin Marsich, sérvio, foi detido no aeroporto de São Francisco e levado à corte.

Segundo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, Marsich é acusado de acessar intencionalmente um computador protegido sem autorização para obter informações para ter vantagens comerciais assim como para ganho financeiro próprio assim como por acessar um computador protegido para fraudar e obter qualquer item de valor.

Aí vem o crime em si: ele hackeou o jogo NBA Live 15 e através dele conseguiu acessar os servidores de FIFA 18. Ele então usou a vantagem para distribuir o jogo para 17 mil contas de usuários EA além de distribuir a moeda in game para 8 mil contas e depois vendeu tudo no mercado negro. Segundo a EA, o prejuízo foi avaliado em US$ 324 mil.

Se condenado, a pena maior que ele pode pegar é cinco anos de cadeia e uma multa de US$ 250 mil.

1 Visitas hoje!
16 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui