Um detento que cumpria pena na Unidade Prisional de Jataí, a 327 quilômetros de Goiânia, foi preso dentro do local no momento em que recebia uma sacola com drogas, celulares e bebidas alcoólicas. A prisão aconteceu na tarde desta segunda-feira (23), quando agentes prisionais avistaram uma sacola sendo jogada pelo muro do presídio.

Segundo informações da Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), os agentes avistaram a sacola sendo lançada e ficaram de guarda dentro do presídio para identificar o destinatário dos produtos. Na sequência, avistaram Paulo Vinícius Gonçalves da Silva, de 32 anos, coletando os produtos.

Na sacola receptada por Paulo, segundo a DGAP, havia 14 embalagens de aguardentes, três celulares, um carregador, 20 chips e uma porção com 360 gramas de maconha.

O detento cumpria uma pena de 14 anos por estupro de vulnerável, conforme o artigo 217-A do Código Penal Brasileiro, que determina crime o ato de “ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos”. Paulo teve parte da pena reduzida por trabalhar dentro da unidade, conforme informações do portal do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), mas ainda precisa cumprir 9 anos e 4 meses.

No momento do crime, como esclarece a DGAP, o detento estava cumprindo seu horário de trabalho. Paulo foi detido por agentes prisionais e conduzido à Delegacia de Polícia Civil para responder criminalmente pela ação.

1 Visitas hoje!
11 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui