A região de Rio Verde, no sudoeste goiano recebe a partir desta semana os técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) que atuam nas áreas de Informação do Agronegócio e na de Gestão da Oferta, para fazer o levantamento do custo de produção de milho, soja e sorgo.

Polo de grande produção agropecuária, junto com outras do Centro-Oeste brasileiro, como Chapadão do Sul no leste sul-mato-grossense, a região vai fornecer dados relacionados à rentabilidade dos produtores de milho, a partir de análise crítica dos custos e dos preços de comercialização, com base na inflação e na taxa de câmbio. Em Chapadão, será incluído também o algodão na planilha.

O custo de produção é um dos itens utilizados pela Conab no cálculo do preço mínimo, instrumentos utilizados pelo governo federal na política de fortalecimento agrícola. Nesta etapa da pesquisa, que será realizada até sexta-feira (6), as informações serão fornecidas por segmentos que lidam com produção e comercialização, cujos dados serão comparados a outros também essenciais na formulação do preço mínimo

1 Visitas hoje!
14 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui