Os preparativos para o início da implantação do projeto cidade monitorada já foi iniciado. O projeto inclui câmeras de vigilância em pontos estratégicos da cidade interligando vários órgãos públicos municipais e estaduais para garantir maior oferta de serviços à comunidade. O monitoramento deverá inibir ações criminosas e facilitará a elucidação de crimes e será feito online a partir de pontos estratégicos: a prefeitura, Polícia militar, Polícia Civil, Conseg, Câmara Municipal e comissão formada estão a frente deste audacioso projeto. A central de monitoramento será instalada na sede da PM de gravação. A sala de monitoramento na DRP funcionará ininterruptamente, com a presença de policiais civis e militares.

Na primeira etapa do projeto, será instaladas 12 câmeras ao longo de avenida, um dos principais eixos da cidade, e em pontos específicos de grande fluxo de pessoas, aproveitando a logística já existente de conhecimento. Ao todo serão implantados 20 aparelhos para melhorar o monitoramento.

Segundo o Major Santos Silva, esse sistema atuará de forma preventiva e possibilitará diminuição dos índices criminais. “Além disso, estaremos com mais recursos para possíveis investigações. É uma alta tecnologia que vai potencializar os serviços da PM e da Polícia Civil”, afirmou, acrescentando que o maior beneficiado com essa parceria será a população.

 

 

1 Visitas hoje!
17 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui