No set de gravação ela é Rafa Zaqui, protagonista de filmes pornográficos e uma das “novinhas” da produtora Brasileirinhas. Na vida real, apenas Laryssa da Costa Oliveira.

Despida de sua personagem, a jovem, de 19 anos, interpretou um papel que jamais escolheria para o script da sua história pessoal: ser presa por tráfico e estar sujeita a pena de 5 a 15 anos de reclusão.

Sucesso em seis filmes lançados recentemente pela indústria cinematográfica pornô nacional, com ampla divulgação pela internet, Rafa Zaqui foi surpreendida de modo casual.

“Uma equipe nossa realizava intimações no Jardim Guassu, em São Vicente, e desconfiou da jovem, que remexia um monte de terra”, diz Alexandre Ventura, chefe dos investigadores do 2º DP de Santos. Ao se aproximarem, os investigadores viram debaixo da terra um saco plástico, no qual havia 20 cápsulas de cocaína. A jovem ainda portava a quantia de R$ 170,00.

De acordo com os policiais, a atriz admitiu que vendia cada porção da droga por R$ 10,00. Levada ao 2º DP de Santos, ela foi autuada em flagrante pela delegada Daniela Perez Lázaro e recolhida à cadeia.

Laryssa também confessou  ser a dona da droga apreendida pelos policiais, apesar de frisar que “não foi encontrado nada comigo, estava enterrado”.

Os agentes se admiraram ao apurar a profissão da jovem.

Sem a produção das filmagens, Laryssa estava descalça e com a roupa suja.

Faziam lembrar Rafa Zaqui apenas as suas várias tatuagens e os olhos azuis.

1 Visitas hoje!
193 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui