Um homem de 26 anos foi preso nesta segunda-feira (4), em Trindade, por mais de 30 furtos e estelionatos a idosos em todo o estado. Adelfânio Luiz Noleto Silva se passava por funcionário responsável pela manutenção de purificadores de água e normalmente escolhia vítimas com mais de 70 anos.

O delegado Daniel José Silva Oliveira, da Delegacia de Polícia de Trindade, contou que a Polícia Civil registrou diversas ocorrências de furtos a cartão de crédito seguidos de saques, a maioria de vítimas idosas e por isso a equipe decidiu investigar. A PC solicitou imagens de câmeras de segurança das agências bancárias do dia das ocorrências e observou que Adelfânio aparecia em várias.

Em investigação, os policiais descobriram que o suspeito se passava por funcionário de uma empresa de purificadores de água e chegava à casa das vítimas alegando que faria manutenção nos aparelhos. Contudo, o homem acabava furtando cartões de crédito, convencendo os idosos a passarem a senha de suas contas ou até mesmo instalando filtros usados como se fossem novos.

Ao entrar em contato com a empresa para a qual Adelfânio dizia trabalhar, a Polícia descobriu que muitos clientes já haviam reclamado de furtos de dinheiro e cartões de crédito após a visita técnica do suspeito. O homem foi demitido mas continuava se passando por funcionário.

De acordo com Daniel, Adelfânio cometia crimes em todo o estado, mas sobretudo em Goiânia e Trindade. Em algumas imagens das câmeras de segurança, a filha e a esposa do suspeito apreciam mas ainda não foi comprovada sua participação nos golpes. De acordo com a PC, várias vítimas identificaram o homem que pode pegar até cinco anos de pena por cada crime cometido.

Imagens das câmeras de segurança que ajudaram a identificar o suspeito. (Imagem: Polícia Civil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comantário
Por favor, digite seu nome: