Mato, pichação e lixo estão presentes em vários dos atrativos turísticos de Paraúna

Passear pelos pontos turísticos de Paraúna deixou de ser, há algum tempo, uma atividade prazerosa. Lixo, matos, buracos, depredação e pichação, entre outros problemas, estão afastando os moradores e decepcionando os turistas que vêm a Paraúna conhecer a história da cidade. São pontos turísticos que contam a história do nosso estado ou fazem parte do imaginário popular, mas que parecem esquecidas pelo poder público, e terminam por afugentar moradores e turistas. Exemplos não faltam para ilustrar esse abandono, sendo alguns pelo poder público estadual e outros pelo municipal. A igrejinha tida no topo do morro do cristo redentor é uma mostra do descaso e da pichação. Falta de cuidados aos arredores do cristo idem e como não bastassem neste último dia 07/06 nossa equipe de reportagem encontrou uma equipe de técnicos estudando e indagando a possibilidade de ser instalada no local público e turístico uma torre de comunicações, sendo que será instalada após análise do local ao lado da igrejinha e os bancos de concreto. A reportagem já levou ao conhecimento dos vereadores para que fiquem atento para não permitirem a instalação da torre naquele local histórico se vier acontecer. Os condutores visitantes em Paraúna, relatam que os turistas que chegam à cidade reclamam da falta de estrutura e do descaso com que se encontram os pontos turísticos de Paraúna. Reclamam ainda da falta das melhorias nas sinalizações turísticas e da estrutura de alguns hotéis, bares e restaurantes, principalmente no que diz respeito ao precário atendimento. Válido é ainda ressaltar que muitos dos danos verificados nos citados pontos turísticos são irreversíveis, pois tratam-se de monumentos históricos, e em alguns casos, tamanhos são os estragos, que mesmo a recuperação não garantiria a manutenção das estruturas originais tirando da população, dos turistas e das futuras gerações a oportunidade do contato com seu passado, com sua história.

 

1 Visitas hoje!
7 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui