Na tarde desta sexta-feira (6/7), após a realização do jogo Brasil x Bélgica os presos da unidade prisional de Acreúna iniciaram um princípio de motim em uma das alas do presídio. A rebelião começou após o horário de visitas, os presos se recusaram a voltar para as celas, em protesto pela apreensão de duas panelas elétricas apreendidas no local com drogas em seu interior. Os detentos atearam fogo em colções e tentaram destruir as selas. Tão logo os agentes perceberam o descontentamento e o princípio de motim a PM foi acionada. Um grande números de familiares, amigos e curiosos ficaram ao lado do presídio ansiosos e revoltados pela falta de informações sobre o que estaria acontecendo. Todos queriam saber se haviam feridos. O Grupo de Intervenção Tática, com apoio da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros entrou na unidade, foram jogado bombas com efeito moral e balas de borracha foram empregadas para o controle e acabando com o tumulto. Não houve reféns e alguns tiveram escoriações mais sem ferimentos mais grave. Posteriormente serão levantados todos incidentes e os danos causados. Vale lembrar que o poder judiciário poderá tomar medidas mais severas ou até fazer uso de suas prerrogativas de transferência se houver necessidades.

1 Visitas hoje!
154 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui