S11 Brasília DF 17/03/2015 ECONOMIA /NEGOCIOS ANEEL Fachada da sede da Agência Nacional de Energia Elétrica, em Brasília DF FOTO DIVULGAÇÃO

A conta de energia elétrica dos consumidores atendidos pela Celg Distribuição (atual Enel GO) poderá ter um aumento médio de 15,72%. A informação foi repassada hoje (24) durante reunião do conselho diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A proposta ficará em audiência pública na página da Aneel de 25 de julho a 7 de setembro.

Entretanto, a agência só deve “bater o martelo posteriormente. Os índices finais serão aplicados a partir de 22 de outubro. Esta é a primeira revisão tarifária da Celg desde que a empresa foi privatizada pela Eletrobras em 2016.

Para os consumidores de alta tensão o reajuste será de 24,65% e de 12,12% para os consumidores em baixa tensão. De acordo com a Aneel, a diferença no percentual de reajuste dos consumidores atendidos na alta e na baixa tensão pode ser explicado pela retirada de um componente financeiro de -5,45% do processo tarifário de 2017.

*Informações da Agência Brasil

1 Visitas hoje!
11 Total de visitas!

Responder

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui